16 de julho de 2012

Ministério Público aponta fraudes em pagamentos feitos pelo Governo do Estado a APAMI de Umarizal

Com suspeitas de pagamentos irregulares feitos pelo Governo do Estado ao Hospital Érico Onofre – APAMI, instalada na cidade de Umarizal, os promotores Edísio Souto Neto e Rafael Silva Paes recomendaram que o secretário estadual de Saúde, Isaú Gerino, apure fraudes no pagamento das Autorizações de Internamento Hospitalar (AIHs).

Além disso, o MP também recomendou que o secretário de Saúde institua uma comissão de auditoria para investigar as AIHs pagas nos últimos cinco anos. Os promotores também sugerem que o secretário avalie a possibilidade de descredenciar o hospital de Umarizal.

No caso dessa APAMI foi realizada uma perícia e identificado que “Com uma única exceção, nos demais prontuários foram encontrados irregularidades de cobrança maior que a devida, com uma constante de três dias de internação sendo cobrado sobre procedimentos ambulatoriais de urgência”, como relatou os promotores na recomendação. O Ministério Público aponta que há indícios de superfaturamento nos valores cobrados pelo hospital ao Governo do Estado.

0 comentários:

Postar um comentário

SUA OPNIÃO É MUITO IMPORTANTE!