8 de setembro de 2012

Decisão do TSE em que liberou registro de Gija foi assinada pelo ministro Arnaldo Versiani

Enquanto o TRE, na sessão desta quinta-feira, decidia pela proibição de campanhas feitas por candidatos com registros indeferidos pelo Pleno da Corte, o TSE já trabalhava em cima de recurso impetrado pelo escritório do advogado Erick Pereira, em favor do candidato Gija, que disputa a Prefeitura de Tangará, e teve negada, pelo Tribunal, cautelar para continuar fazendo comícios, carreatas, programa de rádio…

Eram 21h27 quando a decisão do TSE foi anunciada, assinada pelo ministro Arnaldo Versiani, derrubando a decisão do Tribunal potiguar. Trabalharam também na ação, sob o comando de Erick, os advogados do seu escritório, Janaína Aquino Ramos, Raffael Campelo e Ícaro Santos.

Clique aqui e veja a íntegra da decisão do TSE

0 comentários:

Postar um comentário

SUA OPNIÃO É MUITO IMPORTANTE!