5 de setembro de 2012

Governo assina protocolo do IMPORT-RN com expectativa de movimentar R$ 1 bi em um ano

Governo do RN assina protocolo de intenção - Elisa Elsie (1)

Em solenidade ocorrida ontem(4), o Grupo Comercial Ferro e Aço Ltda. foi o primeiro a assinar Protocolo de Intenções relacionado ao Plano de Apoio às Importações do Exterior e Desenvolvimento Portuário e Aeroportuário do Rio Grande do Norte (IMPORT-RN).

A governadora Rosalba Ciarlini destacou que “o Rio Grande do Norte vive um momento dos mais importantes e a assinatura deste documento com o Grupo é a prova que o IMPORT-RN está consolidado”. Prova disso é que a expectativa do Governo é movimentar R$ 1 bilhão em receita no primeiro ano do programa.

O investimento projetado é de R$ 35 milhões com a geração de 150 empregos diretos e 500 indiretos. A capacidade anual de produção na indústria será de 24 mil toneladas e o faturamento estimado em R$ 72 milhões de reais.

“Iniciativas como esta trazem oportunidades de investimento para o Rio Grande do Norte. Precisamos movimentar o nosso porto e temos que ter um diferencial. Vejo o IMPORT como isso”, comentou a Governadora.

Além da Governadora, assinaram o diretor presidente do Grupo Comercial Ferro e Aço Ltda., José Paulo Ferreira, e os secretários de Estado do Desenvolvimento Econômico, Benito Gama; e de Tributação, José Airton da Silva.

O protocolo visa a implantação de três estabelecimentos no RN, sendo um com atividade de Importação de Mercadorias do Exterior, uma Loja de Comércio Atacadista de Materiais de Construção em Geral e uma unidade industrial para Produção de Relaminados, Trefilados e Perfilados de Aço,em Parnamirim.

O diretor presidente José Paulo Ferreira revelou que antes importavam mercadorias utilizando o porto de Pecém, no Ceará. “Ano passado importamos 2,5 toneladas, mas já não estava dando tão certo. O Porto de Natal é melhor que o de Pecém para o que planejamos”, afirmou.

Ele destacou o trabalho do Governo do Estado para captação do investimento e a forma como a negociação foi tratada junto à sua empresa. O secretário Benito Gama ressaltou o compromisso da Governadora em “transformar impostos em empregos” e garantiu que todos os protocolos já assinados pelo Governo do Estado estão em atividade.

“A economia está mais dinâmica e exigente com o IMPORT-RN haverá mais estímulo à movimentação no porto de Natal”, disse Benito. Dentro do projeto do IMPORT-RN, o Governo do Estado criou a Câmara de Gestão, cuja presidência será exercida pelo representante da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico (Sedec) e serve para regulamentar os trabalhos relacionados ao programa.

0 comentários:

Postar um comentário

SUA OPNIÃO É MUITO IMPORTANTE!