24 de setembro de 2012

MP Eleitoral e Polícia Federal fazem busca e apreensão em casa de vereador de Touros

Da assessoria do Ministério Público Eleitoral:

O Ministério Público Eleitoral em Touros e a Polícia Federal cumpriram mandado de busca e apreensão na residência do vereador Edvaldo dos Santos Medeiros (PPS), candidato pela Coligação Touros Seguindo em Frente.

O pedido de busca, feito pelo Ministério Público Eleitoral e deferido pela Juízo Eleitoral da 14ª Zona, surgiu depois de denúncias de que o referido candidato estaria distribuindo cestas básicas na cidade.

Durante o cumprimento do mandado, a Polícia Federal conseguiu apreender três agendas com nomes de pessoas relacionadas ao pagamento de valores, contas de água com valores a vencer e diversas requisições de consultas médicas. O material apreendido será analisado pela promotora titular da 14ª Zona Eleitoral, que deverá requisitar a abertura de inquérito policial.

Dar, oferecer, prometer, solicitar ou receber vantagem para obter ou dar voto, ainda que a oferta não seja aceita é crime previsto no Artigo 299 do Código Eleitoral (Lei 4.737/1965). O crime pode ser punido com reclusão de até quatro anos e pagamento de cinco a 15  dias-multa.

Do Blog - Bem que essas operações deveriam ser feitas em todos os municípios do Rio Grande do Norte. E em casas ou comitês de campanhas majoritárias. Vão ver que o negócio é muito maior…

Ah…

Uma operação que fiscalizasse a utilização de agentes de saúde na compra de votos também seria bem-vinda.

São milhares de notas de 50 reais sendo entregues a eleitores em troca de um voto.

0 comentários:

Postar um comentário

SUA OPNIÃO É MUITO IMPORTANTE!