24 de setembro de 2012

Saúde receberá R$ 10 milhões para cirurgias ortopédicas e de catarata

O Rio Grande do Norte receberá R$ 7,2 milhões do Ministério da Saúde para garantir o acesso da população aos procedimentos cirúrgicos de ortopedia. A estratégia  faz parte da Política Nacional de acesso aos Procedimentos Cirúrgicos Eletivos e  busca reduzir o tempo de espera nas filas do Sistema único de Saúde (SUS). A informação foi publicada hoje (24) pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap).

A estimativa é de que neste ano sejam realizadas 2,8 mil cirurgias no no estado. Até junho já foram feitas 1.441 intervenções através do SUS. Em 2011 este número foi de 3.833, pouco mais que em 2010, ano que registrou-se 3.736 cirurgias. Os investimentos seguiram o mesmo ritmo, com R$ 2,8 milhões e R$ 2,7 milhões, respectivamente.

O RN deve receber também  R$ 458 mil para manutenção e adaptação de Órteses- Próteses e meios Auxiliares de Locomoção(OPM). O estado tem 77.270 pessoas com algum tipo de deficiência, o que representa 2,4% da população. O fornecimento desses equipamentos faz parte do Sistema Único de Saúde. O objetivo da medida é reforçar as ações do Plano Viver Sem Limite e a Rede de Cuidados à Pessoa com Deficiência.

O estado  receberá  mais R$ 2,9 milhões para a realização de cirurgias eletivas de catarata, 125% a mais que em 2011, quando foram liberados R$ 1,3 milhão. Para reforçar o acesso ao procedimento, do total de recursos, R$ 1,4 milhão destina-se aos municípios com 10% ou mais de sua população em situação de extrema pobreza.

Os estados brasileiros e o Distrito Federal receberão os recursos, em parcela única, para o período de um ano, e serão aplicados nas especialidades de maior demanda e naquelas escolhidas pelos gestores locais, conforme a realidade de sua região.

0 comentários:

Postar um comentário

SUA OPNIÃO É MUITO IMPORTANTE!