15 de outubro de 2012

Com mais de 30 fraturas, piloto da F-Truck só deve voltar a andar em seis meses

O que restou do caminhão de Diumar Bueno durante treino em Guaporé (RS)

Após sofrer um grave acidente a mais de 180 km/h neste sábado, durante treino livre do circuito de Guaporé (RS), o piloto da F-Truck Diumar Bueno teve 17 fraturas na perna direita, 14 na perna esquerda, e mais fraturas no braço direito e no nariz, além de um corte na língua.

De acordo com os médicos a previsão inicial é de que Diumar volte a andar daqui a seis meses.

Desde às 7h deste domingo, ele está sendo submetido a uma cirurgia no hospital Marcelino Champagnat, em Curitiba, prevista para terminar às 15h, segundo informações de Clóvis Grelak, assessor de imprensa da F-Truck.

Logo depois do acidente, Diumar Bueno foi levado para um hospital em Cascavel, onde passou por exames. Sempre consciente e conversando, o piloto foi transferido para Curitiba em um avião particular, de um dos pilotos da F-Truck.

ACIDENTE

O paranaense passou a 184 km/h na reta dos boxes, quando perdeu o freio e direcionou o seu caminhão para o gramado. Ele ainda atravessou a pista, destruiu o muro e a proteção de pneus, passou por cima de árvores e despencou de uma altura de 15 metros, caindo em uma via interna do autódromo.

0 comentários:

Postar um comentário

SUA OPNIÃO É MUITO IMPORTANTE!