13 de outubro de 2012

Justiça Eleitoral cassa mandato do prefeito de Solânea, na Paraíba

Uma decisão da Justiça Eleitoral publicada na última quinta-feira (11) cassou o mandato do prefeito de Solânea, no Agreste da Paraíba, Francisco de Assis Melo (PMDB), sob a acusação de compra de votos nas eleições de 2008. A sentença foi do juiz Osenival dos Santos Costa, da 48ª Zona Eleitoral, que determinou o afastamento do gestor e a realização de eleições indiretas, ou seja, votação realizada entre os vereadores que compõem a Câmara de Vereadores da cidade.

A defesa de Doutor Chiquinho, como o prefeito é mais conhecido, informou que vai recorrer da decisão. “Com certeza estaremos dando entrada em um recurso para manter o prefeito no cargo”, disse o advogado Marcos Souto Maior Filho. O prefeito não concorreu à reeleição no último domingo (7) e a tendência é que, caso o recurso da defesa dele seja acolhido, o gestor consiga terminar o mandato.

O prefeito teve o mandato cassado em uma Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (AIME) por compra de votos no crime de abuso de poder econômico e político durante as eleições de 2008. Doutor Chiquinho é um dos investigados na Operação Pão e Circo, do Ministério Público da Paraíba, e chegou a ser preso pela Polícia Federal por suspeita de participação em um esquema de desvio de verbas públicas na realização de festas populares.

0 comentários:

Postar um comentário

SUA OPNIÃO É MUITO IMPORTANTE!