19 de novembro de 2014

Paciente com infecção morre em 56% dos casos em UTIs no Brasil

Mais da metade (55,7%) dos pacientes internados com sepse (infecção generalizada) nas UTIs brasileiras acaba morrendo, revela pesquisa em 229 unidades de terapia intensiva. É o estudo mais abrangente já feito no país.A informação é da Folha de São Paulo.
Nos EUA, a taxa de mortalidade é de 32%. Em países da Europa, como a França, de 30%. Na Austrália, de 18%.A sepse responde hoje por 25% da ocupação de leitos em UTIs no Brasil e é a principal causa de morte nessas unidades, segundo o Ilas (Instituto Latino Americano da Sepse), que realizou a pesquisa em âmbito nacional.
14322510

0 comentários:

Postar um comentário

SUA OPNIÃO É MUITO IMPORTANTE!