14 de janeiro de 2015

Apenas 250 candidatos têm nota máxima na redação do Enem

O Ministério da Educação (MEC) informou durante coletiva de imprensa nesta terça-feira, 13, que apenas 250 candidatos, dos 6,19 milhões que fizeram o Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) de 2014, alcançaram 1.000 pontos, a nota máxima na prova, em redação. Por outro lado, 529 mil zeraram o teste de redação na última edição do exame.

"O brasileiro está lendo pouco demais, os estudantes estão lendo pouco. O tema não é tão popular. Tudo isso dificulta. O ensino público brasileiro está muito aquém do desejado", disse o ministro da Educação, Cid Gomes, durante a coletiva de imprensa.

Para ele, o tema deste ano não foi tão comentado quanto o do ano passado. "O tema de 2013 foi Lei Seca, essa questão foi muito debatida, muito discutida. O tema de agora não é um tema que se ouve. Não diria (um tema) mais difícil, isso é relativo, é, sem dúvida, um tema que não teve o grau de discussão nacional que aconteceu com o tema de 2013", observou o ministro.

Em sua conta no Twitter, o Ministério da Educação disse que quase 2,7 milhões de redações foram encaminhadas para um terceiro corretor e 283.746 foram para a banca.

Rendimento. A nota média em matemática e redação dos alunos concluintes do ensino médio que fizeram o Enem caiu nesta última edição do exame.

No Enem 2014, a média desses alunos na prova de matemática foi de 476,6 pontos, uma queda de 7,3% em relação ao desempenho dos alunos concluintes do ensino médio que fizeram o Enem 2013 - naquele exame, a média foi de 514,1 pontos.

Em redação, também houve queda. A nota média da redação dos estudantes concluintes de ensino médio foi de 470,8 pontos em 2014, uma queda de 9,7% em relação a 2013, quando a nota foi de 521,1 pontos.

0 comentários:

Postar um comentário

SUA OPNIÃO É MUITO IMPORTANTE!