19 de janeiro de 2015

Defesa quer internar outro brasileiro para evitar execução na Indonésia

rodrigodroga

A defesa e os familiares de Rodrigo Muxfeldt Gularte, 42, tentam interná-lo às pressas em um hospital psiquiátrico para que o brasileiro não seja executado na Indonésia. Neste domingo, o procurador-geral do país anunciou em Cilacap, a 400 km de Jacarta, que quer acelerar novas execuções. Rodrigo está na lista, em fuzilamento marcado para fevereiro.

O brasileiro foi condenado à morte por tráfico de drogas, tal qual Marco Archer Cardoso Moreira, 53, fuzilado na madrugada de domingo (18), horário da Indonésia. Rodrigo foi diagnosticado com esquizofrenia, atestado por laudo psiquiátrico, mas se recusa a ser internado, por acreditar que está são.

0 comentários:

Postar um comentário

SUA OPNIÃO É MUITO IMPORTANTE!