4 de janeiro de 2015

Ministro volta atrás e diz que regra do salário mínimo será mantida em 2016


O novo ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, emitiu uma nota neste sábado (3) contradizendo declaração dada por ele mesmo em seu ato de nomeação afirmando que o governo criaria uma nova regra para o reajuste do salário mínimo para valer a partir de 2016, assegurando que a nova norma manteria o aumento real do salário mínimo.
Agora, a versão oficial do ministério diz que “a proposta de valorização do salário nínimo a partir de 2016 seguirá a regra de reajuste atualmente vigente”.
De acordo com a nota, essa proposta requer um novo projeto de lei, que deverá ser enviado ao Congresso Nacional ao longo deste ano.
A regra atual de reajuste do salário mínimo considera a inflação do ano anterior, calculada pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) do ano anterior, mais o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto, que é a soma das riquezas do País) de dois anos antes.

0 comentários:

Postar um comentário

SUA OPNIÃO É MUITO IMPORTANTE!