20 de fevereiro de 2015

Mossoró: Dehom revela que mãe matou filho de 41 dias afogado dentro de um balde com água

A Delegacia Especializada em Homicídios (Dehom) de Mossoró divulgou, nesta sexta-feira (20), a autoria de um homicídio e de uma tentativa de homicídio, que aconteceram na cidade. Uma das investigações, que foram conduzidas pelo delegado Rafael Arraes, titular da Especializada, esclareceu o homicídio de um menino com apenas um mês de vida. Davi Lucas da Silva Andrade foi morto no dia 18 de dezembro do ano passado.

Naquela data, o menino de apenas 43 dias foi encontrado sem vida dentro de um balde com água, no banheiro de um dos quartos da Casa de Saúde Dix-Sept Rosado, onde estava internado. No quarto estavam apenas a mãe da criança e uma acompanhante. A investigação policial chegou a conclusão de que, a mãe do recém-nascido, Aline Yorrane da Silva (19 anos) matou o próprio filho. De acordo com o delegado, ela será indiciada por homicídio qualificado.

TENTATIVA - O outro caso esclarecido pela Dehom foi a autoria de uma tentativa de homicídio contra João Pedro Souza Costa (19 anos). No dia 18 de fevereiro (quarta-feira), a vítima estava participando de um evento chamado Carnabuco e foi atingido por dois disparos de arma de fogo. De acordo com a Polícia, os tiros que foram disparados contra João Costa foram efetuados por dois adolescentes que já tinham inimizades com a vítima. (Focoelho)

0 comentários:

Postar um comentário

SUA OPNIÃO É MUITO IMPORTANTE!