2 de fevereiro de 2015

PL vai nascer forte no RN e no Brasil

A expressiva base aliada do Governo Dilma Rousseff no Congresso Nacional pode não ser muito unida ou fiel, mas não para de crescer.

Extinto em 2006 para dar origem ao Partido da República (PR), o Partido Liberal (PL) tenta retornar neste ano para reforçar as trincheiras governistas e o presidente de seu diretório nacional, Cleovan Siqueira, estima que metade dos 30 parlamentares que a legenda calcula atrair fazem parte atualmente da bancada de oposição.

“E são eles que estão nos procurando”, disse Siqueira ao EL PAÍS, acrescentando que, se conseguir o registro, o partido volta a existir como parte da base do Governo por agradecimento e lealdade ao ministro das Cidades, Gilberto Kassab, que tem trabalhado pela recriação do PL.

O Partido Liberal, que já tem nove diretórios estaduais e cujo pedido de registro será apresentado ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) após o Carnaval, deve ser a terceira legenda governista criada nos anos de Governo Dilma, e a segunda capitaneada por Kassab.

No Rio Grande do Norte, o PL vai ser comandado pelo grupo do governador Robinson Faria, vai nascer grande, e olhe lá se não se tornar o maior partido em números de deputados e prefeitos, os deputados Ezequiel Ferreira e Gustavo Carvalho, serão os primeiros que irão desembarcar na legenda.

0 comentários:

Postar um comentário

SUA OPNIÃO É MUITO IMPORTANTE!