3 de julho de 2016

Explosões deixam 75 mortos em centros comerciais de Bagdá


Dois centros comerciais foram atacados no início deste domingo (3) em Bagdá, e pelo menos 75 pessoas foram mortas e outras 135 ficaram feridas, de acordo com autoridades. Os ataques foram reinvidicados pelo Estado Islâmico (EI) através das redes sociais do grupo terrorista.
Um membro do EI detonou o veículo que conduzia no meio de uma multidão perto da sorveteria Yabar Abu aL Sharbat, na região de Al Karrada. Mais popular e antiga sorveteria da capital iraquiana, a sorveteria estava muito movimentada no horário do ataque.
A explosão incediou e por consequência destruiu várias lojas da região, onde a maioria da população é xiita.
Pelas redes sociais, o EI garantiu que os alvos do ataque eram os xiitas. Eles avaliaram que cerca de 40 pessoas morreram e em 80 ficaram feridas e disseram que “com a permissão de Deus prosseguirão os ataques dos mujahedins contra os renegados”.
No local do atentado, o primeiro-ministro do país, Haidar al Abadi, afirmou que os terroristas “após terem sido esmagados nos campos de batalha cometem ataques com explosivos em uma tentativa desesperada”.
Um outro carro-bomba explodiu no mercado popular Shalal, que fica na região de Al Shaab, no nordesde de Bagdá, onde a maioria da população também é xiita e causou a morte de um civil, além de ferir outros cinco e atingir diversas lojas.
O Iraque trava uma luta contra o EI desde junho de 2014, quando o grupo terrorista assumiu amplas regiões do norte e do centro do país e proclamou um califado.
iG

0 comentários:

Postar um comentário

SUA OPNIÃO É MUITO IMPORTANTE!