2 de janeiro de 2017

Lajes Pintadas: Reviravolta na eleição da Mesa Diretora transfora G5 em G4

A política tem suas reviravoltas, e se tem uma coisa que se desmancha com facilidade é acordo nos bastidores políticos. Esse papo de G5, G4 ou G3 só é bom em estacionamento, quando indica o número do pavimento da garagem de algum shopping ou estabelecimento.
Santa Cruz experimentou o G5, que não durou mais do que 12 meses e terminou de maneira traumática. Enfrentar a força da máquina do executivo nem sempre é uma tarefa fácil.
Lajes Pintadas viveu seu momento de fantasia com um grupo de cinco vereadores que esperavam fazer oposição contra a prefeita eleita, Preta Furtado, mas parece que os acordos nada bem intencionados por alguns terminam de maneira traumática.
Após serem empossados, os vereadores iniciaram a eleição da Mesa Diretora, quando a oposição esperava registrar uma chapa com apoio de cinco vereadores (maioria suficiente para vencer a eleição), uma reviravolta. O vereador Arnaldinho decidiu se lançar presidente e contou com o apoio dos vereadores governistas.
A situação irritou os vereadores oposicionistas Deca de Louro, Ernesto Luiz, Lincoln Gomes e Franklin Palhares, que se retiraram do plenário debaixo de vaias e palavras de ordem do público presente nas galerias da Câmara Municipal.
Com o quórum reduzido, mas ainda de maioria para eleição da Mesa, Arnaldinho foi empossado presidente da Câmara para o 1º Biênio dessa legislatura 2017-2020, com a seguinte composição de chapa:
Presidente: Arnaldinho Neto
Vice-presidente: Djanira Ferreira
1ª Secretária: Márcia Meire
2º Secretário: João Marcos
Coube a Arnaldinho ser um vereador novato assumir os trabalhos da Câmara Municipal e empossar a primeira prefeita da história de Lajes Pintadas.
Em resumo, o Grupo que era de 5 ficou de 4.
Li-te-ral-men-te…
Fonte: Wallace

0 comentários:

Postar um comentário

SUA OPNIÃO É MUITO IMPORTANTE!