29 de abril de 2017

Filho de Cabral entra na mira da Lava-Jato

MAIS UM - Marco Antônio, o filho deputado Eduardo Cunha: suspeita de caixa dois na campanha

Foi em circunstâncias nada românticas que o ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, e sua mulher Adriana Ancelmo se reencontraram pela primeira vez em mais de um mês. O cenário foi o avião da Polícia Federal que os levou a Curitiba — ele vindo do presídio Bangu 8, ela saída de prisão domiciliar. No desembarque, os aguardava Nilton Ishii, o onipresente japonês da Federal, que levou o casal direto para o primeiro cara-a-cara com o juiz Sérgio Moro.
O curso da justiça vai seguindo para Cabral, o maior corrupto até agora pego pela Lava-Jato, mas a teia de propinas que ele montou e comandou ainda está sendo desvendada. A investigação agora pode envolver em breve mais um Cabral: o deputado federal Marco Antônio, 25 anos, filho nº 2 do ex-governador, sob investigação por suspeita de caixa dois em sua campanha, em 2014.
VEJA

0 comentários:

Postar um comentário

SUA OPNIÃO É MUITO IMPORTANTE!