24 de setembro de 2017

Gabriel faz gesto obsceno para torcida e pode ser punido

Ver imagem no Twitter

O Corinthians comemorou muito o empate com o São Paulo, por 1 a 1, neste domingo (24), no Morumbi. Na celebração do gol alvinegro, marcado por Clayson, os jogadores reservas do Timão se levantaram do banco e no calor da comemoração provocaram os torcedores são-paulinos. Entre os mais exaltados, o volante Gabriel levou as mãos à genitália e fez gestos obscenos para o público presente ao estádio.
Após a partida, o jogador, que havia sido substituído pelo autor do gol, se desculpou pelo ato.r
“Isso é comemoração do gol, estava no calor do jogo, acontecem muitas coisas, ofensas, mas isso é do futebol”, disse Gabriel. “A gente estava comemorando perto da torcida, o torcedor estava nos ofendendo, fazendo gestos, xingando, mas até peço desculpas à pessoa, se ofendi, não era a intenção. Peço desculpas e ponto final”.
Por conta da atitude ofensiva, Gabriel pode ser julgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). De acordo com o Código Brasileiro de Justiça Desportiva, o gesto do volante corintiano pode ser classificado como “provocação ao público” (artigo 258-A), que prevê pena de suspensão de duas a seis partidas.




0 comentários:

Postar um comentário

SUA OPNIÃO É MUITO IMPORTANTE!