3 de junho de 2012

Governo do Estado emite nota de esclarecimento sobre entrevista de Titina à Folha

Nota de Esclarecimento do Governo do Estado, por meio da Secretaria Extraordinária de Cultura:

Em resposta ao que foi afirmado pela atriz potiguar Titina Medeiros em entrevista publicada na Folha de São Paulo em 02 de junho de 2012, a Secretaria Extraordinária de Cultura do Estado do Rio Grande do Norte tem a esclarecer:

1. O Governo do Estado ampliou o financiamento da cultura através de renúncia fiscal Lei Câmara Cascudo – de R$ 4 para R$ 6 milhões – e a utilização dos recursos – de R$ 2 para R$ 4 milhões – em 2011, apoiando iniciativas de fundamental importância para a cultura potiguar. Em média, são R$ 250 mil por projeto, ultrapassando, no caso do Teatro de Açu, região oeste do estado, R$ 1 milhão, o que pode ser conferido e examinado no endereço http://www.cultura.rn.gov.br – Lei Câmara Cascudo.

2. O Governo do Estado do Rio Grande do Norte criou ainda um novo mecanismo de apoio cultural, através da implantação do FUNDO ESTADUAL DE CULTURA, cujo objetivo é o fomento à ação cultural em todo o estado e não apenas na capital, conforme determina a Lei Complementar também publicada no mesmo endereço.

3. Em agosto de 2011, mês do Folclore, o Governo lançou o “Agosto da Alegria”, projeto que apóia os artistas potiguares em suas mais diversas manifestações – do teatro à dança, da música às artes visuais – e levou para o público mais de 400 eventos, entre shows, palestras, exposições, durante mais de um mês. O evento terá sua segunda edição em 2012, homenageando um dos grandes nomes da cultura potiguar, Deífilo Gurgel.

4. Democratizando e ampliando o fomento cultural, o Governo do Estado do Rio Grande do Norte tem atendido o maior número de demandas possíveis, ao mesmo tempo em que busca expandir o leque de opções culturais para os potiguares. E, ainda, seguindo as tendências nacionais, vem lançando novos editais de apoio à cultura – como o “Atos do Povo” (incentivo às festas municipais de caráter religioso em todo estado), o “Prêmio RN Junino” (apoio às quadrilhas e arraias), a Lei Câmara Cascudo (renúncia fiscal), “Novos da Arte” (concessão de pautas a novos grupos de teatro, dança e afins no Teatro Alberto Maranhão), “Publicações” (lançamentos de autores locais, incentivando e valorizando a literatura potiguar). No momento, 5 editais estão com inscrições abertas, número que deve ser ampliado no decorrer do ano, visando atender as demandas do cenário local e dos artistas.

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte e a Secultrn tem trabalhado para a melhoria e o desenvolvimento da cultura potiguar e pela valorização de sua identidade cultural, e junta-se ao sentimento de todos os potiguares na manifestação sincera do orgulho comum de ter grandes artistas destacando-se no cenário local, nacional e internacional – a exemplo da atriz Titina Medeiros – e reafirma seu compromisso de sempre apoiar, incentivar e divulgar ações culturais que valorizem a nossa cultural, ao mesmo tempo tão plural e ímpar.

0 comentários:

Postar um comentário

SUA OPNIÃO É MUITO IMPORTANTE!