4 de julho de 2012

Ministério Público identifica suspeita de ilegalidade na lista de nomeados do concurso do DETRAN

A promotora Moema de Andrade Pinheiro está investigando denúncias de que o concurso feito pelo Departamento Estadual de Trânsito não seguiu a ordem de classificação com a consideração dos candidatos portadores de necessidades especiais.

O Ministério Público instaurou um inquérito civil público para apurar as denúncias. Hoje foi publicada no Diário Oficial uma recomendação assinada pela promotora.

Ela observa que na lista de convocados, publicada pelo Governo no dia 11 de maio e 2012, foram nomeadas 142 pessoas, mas nenhuma é portada de deficiência. No documento, Moema Pinheiro pede informações à direção do DETRAN e à Secretaria de Administração e ainda recomenda que seja feita a republicação da portaria com a retificação dos atos.

0 comentários:

Postar um comentário

SUA OPNIÃO É MUITO IMPORTANTE!