19 de julho de 2012

Número de homicídios triplica no RN em 10 anos

O número de homicídios no Rio Grande do Norte quase triplicou entre 2000 e 2010, segundo dados do Mapa da Violência 2012 - Crianças e Adolescentes do Brasil, divulgado ontem pelo Instituto Sangari. De acordo com o estudo, em 2000 o RN registrou 251 homicídios, enquanto que em 2010 esse número saltou para 727. Ou seja, um aumento de 189,6%. Os dados são ainda mais significativos em Natal que registrou 74 homicídios em 2000 e 260 em 2010. Um aumento de 251,4%. No quesito taxa de homicídio a cada 100 mil habitantes Natal registrou um aumento de 10,4 em 2000 para 32,3 em 2010. Essa elevação insere Natal como a 19ª capital mais violenta do país.

Os dados da violência tanto em Natal quanto no RN acompanham a tendência nacional. Em 1980 o Brasil registrou 13.910 homicídios (11,7%), em 1990 o número alcançou o patamar de 31.989 mortes (22,2%), em 2000 foram contabilizados 45.360 casos (26,7%), e em 2010 a quantidade de homicídios no país somou 49.932 (26,2%). Entre 2000 e 2010o índice de homicídios a cada 100 mil habitantes no estado foi de 153,9%. A taxa fez o RN subir da posição 24ª para a 19ª colocação em nível nacional. Alagoas que em 2000 estava na 11ª posição do ranking, encontra-se na primeira colocação em número de homicídios para cada 100 mil habitantes.

A Região Metropolitana de Natal também registrou aumento no número de homicídios. Os casos passaram de 113 em 2000 para 363 em 2010. Um crescimento de 221,2%. Mas não são apenas as cidades próximas a capital que registraram aumento da violência. O interior do RN que em 2000 registrou 8,3 homicídios passou para 19,9 em 2010. Um aumento de 139,7%. No mesmo período também foi registrado aumento de homicídios na população jovem com idade entre 15 e 24 anos. Em 2000 foram 13,4 casos e em 2010 45,3 homicídios. Um avanço de 239,3% nesse tipo de crime.

0 comentários:

Postar um comentário

SUA OPNIÃO É MUITO IMPORTANTE!