17 de julho de 2012

SANTA MOLEZA: Novo senador, Wilder receberá R$ 13 mil em julho e auxílio-mudança

Wilder Pedro de Morais (DEM-GO) toma posse no Senado (Foto: Geraldo Magela/Agência Senado)

O senador Wilder Morais (DEM-GO), que assumiu o mandato que pertencia ao senador Demóstenes Torres (sem partido-GO), vai receber cerca de R$ 13 mil reais referentes ao mês de julho. Desde que assumiu o cargo na última sexta (13), ele não voltou à Casa. Nesta quarta (18), o Congresso entra em recesso e só retoma os trabalhos em 1º de agosto.

Segundo a assessoria de imprensa do Senado, Wilder terá direito a receber o valor proporcional aos dias depois que assumiu referente ao subisídio pago aos parlamentares, no valor de R$ 26.723,13, mesmo sem comparecer ao Senado no período. Wilder também receberá do Senado uma ajuda de custo para as despesas com a mudança. O valor da ajuda de custo não foi informado pelo Senado.

Ainda de acordo com a assessoria do Senado, Wilder Morais manterá em seu gabinete todos os assessores que trabalhavam para Demóstenes.

Demóstenes Torres teve o mandato cassado por quebra de decoro parlamentar na última quarta-feira (11), acusado de ter utilizado o mandato para beneficiar os negócios do contraventor Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, preso pela Polícia Federal em fevereiro. O contraventor é acusado de comandar uma rede ilegal de jogos em Goiás.

Wilder, também suspeito de manter relações com o contraventor, tomou posse de forma rápida na manhã da última sexta-feira, com a presença de apenas quatro parlamentares em plenário. Nem familiares nem integrantes do DEM acompanharam a posse.

Além de manter a mesma equipe, Wilder ocupará o mesmo gabinete que era de Demóstenes.

O novo senador também poderá ocupar o apartamento funcional que era utilizado como moradia por Demóstenes. O ex-senador deixou o apartamento na última sexta-feira. Segundo a assessoria do Senado, o local já está disponível para Wilder.

0 comentários:

Postar um comentário

SUA OPNIÃO É MUITO IMPORTANTE!