13 de agosto de 2012

Apodi: Carreata política deixa uma vítima fatal

Tragédia na campanha eleitoral do Apodi. A estudante Camila Danikely Gurgel de França, 15, morreu por volta de 20h20 de ontem(12), depois de cair de um paredão de som e ser atropelada por essa mesma estrutura de som, puxada por um veículo automotivo.

Ela estava sobre o paredão, em carreata à reeleição a prefeito Maria Gorete da Silveira (PMDB), “Coligação Apodi que Cresce”.

Apesar do acidente fatal, a passeata política teve sequência com uso de outros paredões e carros de som até o centro da cidade, Praça Robson Lopes, centro da cidade. Tudo com a maior naturalidade, como se nada tivesse ocorrido a provocar comoção nos políticos e manifestantes.

Segundo relato do Blog F5  Apodi, Camila seguia em uma carreata que vinha do sítio “Sororoca” em direção à área urbana, onde se juntaria às demais vindas de outros locais. Durante o percurso, mais precisamente nas proximidades do sitio “Água Fria”, ela se desequilibrou e caiu do paredão de som.

Momentos depois da queda, populares que estavam no local informaram que Camila não respondia a estímulos e estava aparentemente desmaiada. A jovem estudante foi colocada em um carro e levada para o Hospital de Apodi, onde recebeu os primeiros socorros.

Em seguida, a vítima foi encaminhada para o Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM), em Mossoró. Porém, durante o percurso, Camila não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

0 comentários:

Postar um comentário

SUA OPNIÃO É MUITO IMPORTANTE!