9 de agosto de 2012

Para Mineiro, decreto de calamidade pública nada resolveu na saúde

O deputado Fernando Mineiro (PT) criticou o governo por ter decretado estado de emergência na saúde, medida que, na sua avaliação, não vem surtindo o efeito anunciado pelo governo, de melhorias nos serviços. “Essa medida acaba criando mecanismos para os recursos serem utilizados sem processo licitatório”, contestou.

O parlamentar também fez menção ao excesso de arrecadação, de recursos da ordem de R$ 3 bilhões incorporados ao orçamento: “O governo já incorporou esse montante ao orçamento, mas ainda não deu resposta às questões administrativas, uma contradição ao que vem arrecadando”, disse.

O parlamentar citou áreas como a saúde, o sistema penitenciário e o setor de segurança, que considera os mais críticos.

0 comentários:

Postar um comentário

SUA OPNIÃO É MUITO IMPORTANTE!