1 de novembro de 2012

Número de mortos por furacão Sandy chega a 82 nos EUA

Morador de Atlantic City em local destruído pelo furacão - Patrick Semansky/AP

O número de mortos em consequência da passagem do furacão Sandy pela Costa Leste dos Estados Unidos chegou a 82 nesta quinta-feira, 1. As autoridades dizem que a contagem de mortos ainda pode subir, conforme equipes de resgate fazem uma varredura casa a casa em cidades costeiras.

Moradores de Nova York deixaram suas casas hoje com o metrô funcionando pela primeira vez em quatro dias, num sinal de recuperação após a devastadora passagem da tempestade Sandy. Em outras regiões atingidas, no entanto, há falta de combustível e equipes de emergência lutam para chegar às áreas mais atingidas para restaurar o fornecimento de energia.

Após um hiato de três dias, o presidente dos EUA, Barack Obama, retoma oficialmente hoje a campanha pela reeleição, impulsionado pelos retumbantes elogios à sua liderança feitos pelo governador republicano de New Jersey, Chris Christie, que sempre foi um dos seus maiores críticos. O democrata, que aparece tecnicamente empatado com o republicano Mitt Romney nas pesquisas, passará dois dias percorrendo os estratégicos Estados de Colorado, Ohio e Nevada, enquanto seu rival irá à Virgínia. A eleição é na próxima terça-feira.

Na quarta-feira, a bordo do helicóptero presidencial, Obama sobrevoou áreas devastadas de Nova Jersey, na companhia de Christie. "O país inteiro está assistindo. Todo mundo sabe quão duramente Jersey foi atingida", disse Obama a desabrigados em um alojamento na localidade de Brigantine.

Recuperação

Em Nova York, os serviços ferroviários foram retomados parcialmente, mas mais de metade dos postos de gasolina na cidade e na vizinha New Jersey estão fechados devido à falta de energia ou do esgotamento dos seus estoques. Nos que abriram, havia longas filas. Em vários pontos do Nordeste do país, proprietários voltaram pela primeira vez aos seus imóveis devastados por incêndios e inundações. As primeiras estimativas são de um custo de até US$ 15 bilhões para as seguradoras.

0 comentários:

Postar um comentário

SUA OPNIÃO É MUITO IMPORTANTE!