13 de fevereiro de 2013

Número de acidentes foi 38% menor nas estradas do RN

O número de acidentes de trânsito nas rodovias federais que cruzam o Rio Grande do Norte caiu 38% em relação ao ano passado. Os dados da Polícia Rodoviária Federal são parciais - da última sexta-feira (8) até a tarde de ontem -, mas apontam redução em relação ao carnaval do ano passado, seguindo uma tendência nacional.

Neste ano, foram registrados 36 acidentes, que deixaram 12 pessoas feridas e um morto, após um capotamento na noite do domingo (10), na BR-406, que liga Natal ao município de Macau. No ano passado, foram 58 acidentes e 42 pessoas feridas.

Para o inspetor Everaldo Morais, da Polícia Rodoviária Federal, a redução no número dos acidentes se deve à ampliação da fiscalização nas estradas e às modificações recentes porque passou a chamada Lei Seca. As autoridades da área da segurança pública divulgam às 10h de hoje, no Centro Administrativo do Governo do Estado, o balanço referente à Operação Carnaval 2013. O patrulhamento reforçado persiste, hoje, em função de muitos foliões voltarem às suas cidades de origem utilizando as principais rodovias de acesso.

Segurança divulga balanço nesta quarta

O balanço da atuação do aparelho de segurança do Estado, na prevenção à violência e o resultado das ocorrências relacionadas aos acidentes de trânsito e crimes ocorridos em Natal e interior nos quatro dias de Carnaval está previsto para ser divulgado às 10 horas de hoje, 13,  no Centro Administrativo. Ontem, o Corpo de Bombeiros antecipou, por exemplo, que houve uma redução de 44% no número de mortes em decorrência de acidentes de trânsito nas rodovias do Rio Grande do Norte.  O tenente do CB, Christiano Couceiro, disse que no Carnaval do ano passado morreram nove pessoas em virtude de acidentes automobilísticos, enquanto este ano esse  número caiu para cinco.

Nos quatro dias de carnaval, pelo menos ,nove mortes por arma de fogo foram registradas em todo o Estado. Com relação a afogamentos, segundo Couceiro, o CB registrou duas mortes (Murillo Ramon Silveira de França e Antonio Ivanero Dias Gomes, 26 anos). Esta última está sendo investigada pela Polícia Civil.

0 comentários:

Postar um comentário

SUA OPNIÃO É MUITO IMPORTANTE!