15 de fevereiro de 2013

Segurança Pública divulga queda de óbitos e de atendimentos do SAMU durante Carnaval

Coletiva Carnaval Seguro_Demis Roussos (8)

Os órgãos da Segurança Pública do Rio Grande do Norte e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência se reuniram na manhã de ontem(14), no auditório da Emater, para apresentar à imprensa o balanço da Operação Carnaval Seguro 2013, realizada de 8 a 12 de fevereiro. Durante o período, as forças de segurança e proteção civil ampliaram a ação integrada e aumentaram a atuação no Estado, resultando na redução de 50% no número de óbitos por acidentes de trânsito; redução de 35% de atendimentos do SAMU; e aumento de 61,5% da apreensão de pedras de crack.

A Polícia Militar registrou ainda diminuição de 6,3% no total de ocorrências atendidas na região Metropolitana, caindo de 1744 em 2012 para 1635 neste ano. Com a intensificação da fiscalização, ocasionada pela Lei Seca, o número de ocorrências de trânsito caiu para 148 autuações (queda de 9,2% em relação ao ano passado) e aumentou o número de testes de etilômetro (bafômetro) aplicados pelo Comando do Policiamento Rodoviário Estadual: 850 (foram 280 em 2012). No total, 69 condutores foram flagrados sob o efeito de álcool, 58 veículos foram removidos ao DETRAN e 56 carteiras de habilitação foram apreendidas.

Já o Corpo de Bombeiros realizou 163 atendimentos na Região Metropolitana (68% a mais do que em 2012). O órgão também aumentou o número de guarda-vidas de 30 para 60 e ampliou de 8 para 18 o número de postos de salvamento. O fato significou uma redução de 33,3% no número de afogamentos. De acordo com o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Elizeu Lisboa Dantas, as fiscalizações foram intensificadas e cresceram 261% frente a 2012.

O Instituto Técnico-Científico de Polícia (ITEP) registrou oito homicídios (queda de 50% em relação ao ano passado), com oito mortes. O SAMU Metropolitano ampliou a cobertura populacional na região de 42% para 72% e apresentou uma redução de 43 para 28 no registro de traumas causados por acidentes de trânsito (decréscimo de 35%). Segundo o coordenador-geral do SAMU, Luiz Roberto Fonseca, o balanço da Operação Carnaval foi positivo, em especial para o Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, que teve redução de entradas de 12,3% em relação ao ano passado e de 15,6% no total de atendimentos vinculados a acidentes de trânsito.

Para o secretário de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social, Aldair da Rocha, os dados da Operação Carnaval mostram que a ação integrada das forças de Segurança refletiu diretamente na redução dos índices apresentados. “O nosso trabalho e a fiscalização rigorosa têm dado resultados positivos nas estradas, por exemplo, Isso causou uma redução drástica nos números de acidentes automobilísticos e de óbitos. Isso é um trabalho muito importante e estamos muito satisfeitos. O Carnaval foi relativamente tranquilo”, declarou.

Ainda durante a coletiva, Aldair da Rocha falou sobre o projeto da Divisão de Homicídios da Delegacia Geral de Polícia, que será uma estrutura muito importante com efetivo específico para atender Natal, que registra 60% dos casos de homicídio do RN. A Divisão terá ligação direta com o DENARC (Departamento de Investigações sobre Narcóticos). Outra novidade citada pelo secretário foi a elaboração do Plano de Segurança Pública, que envolverá diversos órgãos do Governo do Estado. O plano consiste em um documento formulado a partir de reuniões com os municípios potiguares para criar linhas de ação que atendam às demandas específicas das cidades.

0 comentários:

Postar um comentário

SUA OPNIÃO É MUITO IMPORTANTE!