14 de novembro de 2014

Réu confessa assassinatos, mas nega uso de carne humana em salgados

20141113164234298470i

Jorge Beltrão, um dos acusados de esquartejar e praticar canibalismo contra uma adolescente em Pernambuco contou detalhes dos crimes durante julgamento mas negou que a carne humana foi usada na produção de salgadinhos. Em outro momento polêmico, o réu alegou nunca ter siso entrevistado pelo psiquiatra forense que teria atestado sua sanidade mental.
Jorge Beltrão começou o depoimento alegando que tomava remédio controlado e confirmando que a morte de Jéssica está escrita no livro “Relatos de um Esquizofrênico”, de sua autoria. Ele alegou ainda estar muito arrependido da morte de Jéssica e dos crimes praticados em Garanhuns, adiantando que não quer mais falar sobre os casos do Agreste. Na fase de investigação policial, Jorge Beltrão e as outras acusadas, Isabel Pires e Bruna Silva, não se pronunciaram.

0 comentários:

Postar um comentário

SUA OPNIÃO É MUITO IMPORTANTE!