23 de fevereiro de 2015

Candidatos derrotados do PT no RJ e em SP ainda devem R$ 37 milhões das campanhas de 2014

a

Quase cinco meses após o fim do primeiro turno das eleições de 2014, quando  Alexandre Padilha e Lindbergh Farias foram derrotados, o PT de São Paulo e o PT do Rio de Janeiro ainda não conseguiram desatar o nós das dívidas das duas campanhas.

O diretório de São Paulo ainda deve 25 milhões de reais na praça e o do Rio, 12 milhões de reais.

A expectativa de Padilha e Lindbergh era que o cofre do PT nacional e o mágico João Vaccari Neto fizessem o dinheiro aparecer, mas está praticamente impossível arrecadar em tempos de Lava-Jato.

E da cartola de Vaccari hoje é mais fácil sair um par de algemas do que moedas.

Por Lauro Jardim

0 comentários:

Postar um comentário

SUA OPNIÃO É MUITO IMPORTANTE!